Pedidos 100% digitais até o final de 2020













O slogan da Royal FloraHolland é 'Flowering the World', ou seja, florescendo o mundo. Para apoiar essa ambição, há uma forte colaboração com nossos produtores e compradores. Em 2020, a transformação digital e a sustentabilidade mudarão a maneira como trabalhamos juntos.


A primeira mudança envolve a digitalização de todos os pedidos para atingir 100% digital até o final de 2020. Isso marca o próximo passo na transformação digital da indústria da floricultura. A digitalização aumenta a eficiência e a velocidade da oferta e da demanda. Essa aceleração corresponde perfeitamente à estratégia da Royal FloraHolland, com a transformação digital sendo um dos principais pilares. Além disso, a legislação europeia em matéria de serviços financeiros foi reforçada. Usar o Floriday e fazer pedidos por meio de canais de vendas digitais é o caminho mais adequado para cumprir esta legislação.


Isso significa que daremos um importante passo como indústria até o final de 2020. A partir desse momento, todas as transações diretas serão realizadas via Floriday e pelos canais de vendas FloraMondo, FloraXchange, Blueroots ou um link (API). Em relação aos nossos produtores, isso significa que todo o seu suprimento para comércio direto será processado via Floriday. Para todas as partes do comércio, isso significa que, a partir do final de 2020, seus pedidos via Royal FloraHolland só poderão ser feitos através de um canal de vendas digital. Isso acelerará significativamente nossa estratégia digital. Faremos isso em estreita colaboração, pois a Royal FloraHolland, em seu papel no setor, ajudará produtores e compradores a tornar este próximo passo na transformação digital um sucesso.


A segunda mudança envolve eco-certificação. A Royal FloraHolland exigirá registro e certificação ambiental em fases para todos os produtores (membros e não membros) que fornecem flores e plantas ao mercado. Até 31 de dezembro de 2021, o mais tardar, todos os fornecedores devem possuir um certificado ambiental compatível com o mercado. Este é um marco para tornar o setor mais sustentável e manter possível o florescimento do mundo também no futuro. O mercado exige transparência em relação à produção e operações.

O certificado ambiental obrigatório será introduzido gradualmente.


A primeira etapa é o registro ambiental digital para todos os fornecedores do mercado até 31 de dezembro de 2020, o mais tardar. Posteriormente, após 31 de dezembro de 2021, a obtenção de um certificado ambiental compatível com o mercado será obrigatória para todos os fornecedores da Royal FloraHolland.


O terceiro passo será garantir que os produtores atendam a todos os padrões de sustentabilidade da FSI estabelecidos no setor de floricultura. Assim, não apenas no campo ambiental, mas também no que diz respeito às Boas Práticas Agrícolas (BPA) e no campo social. Nenhuma data foi definida atualmente para esta etapa. Para esta etapa final, a Royal FloraHolland iniciará um diálogo com a FSI sobre os padrões que serão aplicados aos produtores após 2020. A ambição é atender a todos os padrões da FSI (Floriculture Sustainability Initiative) a longo prazo.


Fonte: https://www.floraculture.eu/minds/100-digital-orders-by-the-end-of-2020/


15 visualizações

Telefone: (19) 3217-5148

Celular e WhatsApp: (19) 99102-6014

ibraflor@ibraflor.com

Contato: Adriana Rosa – Coordenadora Executiva

Copyright © 2018 Ibraflor | Instituto Brasileiro de Floricultura. Todos os direitos reservados.

LOGO FINAL G_MKT_preto.png